A PRODUTORA

Presente no cenário audiovisual e cultural carioca desde 2009, a Lúdica Produções produziu diversos eventos culturais, filmes e produtos audiovisuais e se especializou na realização de mostras de cinema, festivais e exposições.

 

Produziu, entre setembro e novembro de 2018, a mostra “Buster Keaton - O mundo é um circo”, que aconteceu nos CCBBs do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília (ao longo de 4 semanas em cada cidade). A mostra tratou-se da retrospectiva completa de um dos maiores nomes do cinema americano e contou com debates, aulas, masterclass, sessões com acompanhamento musical, além da exibição de 70 obras do ator-diretor e a produção de um livro-catálogo de 300 páginas (primeira publicação em língua portuguesa sobre Keaton) .

 

Entre seus projetos, a produtora ainda conta com um vasto histórico de eventos realizados como as mostras “O cinema argentino conta suas histórias mínimas” (2018),  "O Samba Pede Passagem" (2015), "Paulo José -  Meio século de Cinema" (2014) e "Cinema Romeno Contemporâneo" (2013) na CAIXA Cultural RJ e o festival “Corpos da Terra - Imagens dos povos indígenas no cinema brasileiro” (2017 e 2018) exibindo e discutindo a produção cinematográfica que trata da temática, privilegiando a produção atual de realizadores indígenas. Além disso, produziu o evento "Aventuras do Pensamento", em 2019, na CAIXA Cultural RJ, onde grandes pensadores brasileiros se reuniram com o público infanto-juvenil para conversar sobre temas da atualidade.

 

No campo das artes visuais, realizou a exposição “Niura Bellavinha - Em Torno da Luz” (2014), no Oi Futuro Flamengo, além de diversas vídeo-obras de artistas como Niura Bellavinha e Adriana Barreto - entre elas “O Menor Espaço Para o Corpo"  (2011), sucesso de crítica na Bienal de Shangai 2012.

 

Realizou também longas-metragens como o documentário “Feio, Eu?” (2013), de Helena Ignez; “Dr. Lynch” (2014), de Diogo Cavour e “Legião Estrangeira” (2012), de Luís Alberto Rocha Melo, além de curtas-metragens como "Um Grito Parado no Ar" (2019), de Leonardo Souza; “Algum Romance Transitório” (2017) de Caio Casagrande; e “Cinema é Maresia” (2009), de Diogo Cavour.

 

Produziu, ainda, clipes e vídeos institucionais para clientes como Rede Globo, Petrobras, Coca-Cola e Sony Music.

 

Atualmente está produzindo a série televisiva /lost+found para o Canal Curta! e dando início a pré-produção da exposição “Luciano Figueiredo - Arte gráfica”, prevista para o primeiro semestre de 2021 no Oi Futuro Flamengo.