Através de uma seleção de 40 filmes, entre curtas e longas, documentários e ficção, convidamos todos a abrir os olhos e atentar os ouvidos: o samba pede passagem para contar, através do cinema e da tradição oral, os capítulos de sua história.

 

A mostra O samba pede passagem teve como objetivo ampliar o debate a respeito da relevância sociocultural do gênero pelo viés cinematográfico. A seleção de filmes contou com clássicos do cinema brasileiro como Alô, Alô, Carnaval (1936), Rio, Zona Norte (1957) e Couro de Gato (1960), mas também com importantes registros de ícones do samba, como em Heitor dos Prazeres (1965), Nelson Cavaquinho (1969) e Moreira da Silva (1973), e ainda com documentários musicais mais recentes, como Paulinho da Viola – meu tempo é hoje (2003), Cartola, música para os olhos (2006) e Clementina de Jesus – Rainha Quelé (2011) - que revisitam figuras importantes e propõem um panorama do samba moderno e suas influências.

Nossa curadoria buscou, acima de tudo, entender o valor do samba na constituição da identidade do povo brasileiro, sua transformação e a maneira como os valores exaltados na composição lírica e crítica de seu compêndio são enxergados pela sociedade local e exterior nos dias de hoje.

Registro em vídeo dos eventos

QUANDO?

01 a 13 de dezembro, 2015

ONDE?

Caixa Cultural - Rio de Janeiro
Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, RJ

ONDE?